UNIDADE DE INTERNAÇÃO CIRÚRGICA

  • home  /
  • UNIDADE DE INTERNAÇÃO CIRÚRGICA
UNIDADE DE INTERNAÇÃO CIRÚRGICA


Unidade destinada a receber e acomodar pacientes em regime de internação que necessitam de assistência médica e de enfermagem no pré e pós-operatório das especialidades de Cirurgia Geral, Oftalmologia, Ortopedia e Otorrinolaringologia, através de uma abordagem individualizada. Disponibiliza 16 leitos SUS, 02 sala de preparo de cirurgias ambulatoriais de oftalmologia, com o total de 21 poltronas, onde esses pacientes recebem alta após o procedimento. Conta com uma equipe preparada para a assistência durante o período de internação cirúrgica, e realiza uma média/mês de 142 internações.

A Habilitação em Regime de Hospital Dia que compreende a assistência intermediaria entre internação e atendimento ambulatorial para a realização de procedimentos que requeiram a permanência do paciente na unidade por um período máximo de 12 horas em novembro de 2015, tem inúmeras vantagens, entre elas a assistência ofertada o qual objetiva a melhora da qualidade de vida dos pacientes como uma alternativa à hospitalização tradicional, pois busca preservar os vínculos familiares e sociais do usuário na medida em que este não é afastado do convívio diário com a família e a sociedade.

Assistência de enfermagem no pré-operatório: A cirurgia para o paciente pode significar reclusão e afastamento dos familiares, com isso gera o estresse, e o paciente pode ficar ansioso, inseguro e cheio de temores. Estes estados psicológicos quando não reconhecidos e atendidos podem levar o paciente a apresentar vômitos, náuseas, dor de cabeça, desconforto respiratório, agitação e outros problemas, que podem afetar a sua recuperação pós-cirúrgica. Para auxiliar o paciente no período pré-operatório a enfermagem deve ser calma, otimista e compreensiva, para adquirir a confiança do paciente.

Assistência de enfermagem no pós-operatório: Os cuidados de enfermagem são aqueles realizados após a cirurgia até o momento alta. Tem por objetivo assistir o recém-operado na normalização das suas funções com conforto, rapidez e responsabilidade, com o objetivo primordial de garantir o bem estar do paciente e sua reabilitação no tempo mais breve possível.